O alecrim fresco comprado no supermercado pode muito bem ser replantado em casa, assim como muitos outros temperos, hortaliças, ervas e verduras. Já pensou em comprar uma vez e replantar sempre?
Veja como fazer:

ALECRIM

Separe algumas hastes do alecrim e corte-as com uns 10 a 15 cm. Retire as folhas da parte de baixo, deixando apenas algumas na parte superior. Coloque num copo de vidro com água até a metade e deixe em um lugar ensolarado, trocando a água de dois em dois dias. Quando as raízes estiverem com o tamanho de 2 cm  é hora de replantar num vaso, deixe num lugar onde tem bastante sol.

MANJERICÃO

O processo de replantar é igual do alecrim. Depois de cortar os galhos e retirar as folhas de baixo, coloque o manjericão em um recipiente com água no peitoril da janela onde ele poderá receber bastante luz solar. Espere algumas semanas e as raízes irão se formarem. Uma vez que as raízes aparecerem transfira para um vaso com solo fértil e com drenagem da água.

CEBOLINHA

Corte a parte branca da cebolinha pegando um pedacinho da parte verde também. Coloque dentro de um copo com água, cobrindo cerca de 2,5 cm a parte branca. Deixe num local ensolarado e dentro de alguns dias as raízes ficarão maiores. Troque a água todos os dias. Depois transfira para um vaso com solo fértil e com drenagem da água.

HORTELÃ

Funciona da mesma forma que o manjericão e o alecrim. Corte alguns talos saudáveis e retire as folhas da parte de baixo. Coloque num recipiente com água em um ambiente ensolarado. Troque a água todos os dias. Depois que as raízes aparecerem transfira para um vaso com terra e drenagem da água. Para manter a hortelã saudável nunca deixe a terra seca, caso contrário ela irá morrer.

AIPO/SALSÃO

Em vez de jogar fora a base do aipo, lave-o e coloque em um pequeno prato ou tigela com água perto de uma janela ensolarada – lado base para baixo e caules voltado para cima. Umedeça a parte de cima do aipo para não ressecar. Depois de mais ou menos uma semana, folhinhas amarelas irão brotar no centro e logo depois ficarão verdes. Transfira a base do aipo para um vaso e cubra com terra, com exceção das pontas das folhas. 

CAPIM LIMÃO/ERVA CIDREIRA

Funciona da mesma forma que o manjericão, alecrim e hortelã. Corte alguns talos, deixe na água até criar as raízes (demora em média de 2 semanas) e transfira para um local com solo fértil. O capim limão, também chamado de erva cidreira, suporta bem o sol e deve ser regado frequentemente.

ALHO-PORÓ

Brota em poucos dias na água. Corte o talo com a parte da raiz, mais ou menos 5 cm, e coloque num recipiente não muito fundo com água, cuidado para que a água não evapore e seque. Deixe em um local com luz natural. Troque a água a cada dois dias. Mais ou menos uma semana depois, quando as raízes estiverem maiores, replante num vaso com terra preparada.

RÚCULA

Cresce rápido e não requer muita mão de obra para replantar e cultivar. Nos supermercados a rúcula é vendida com as raízes. Basta tirar as folhas e plantar as raízes num vaso com alguns centímetros de talo para fora da terra. Simples assim. Aqui em casa eu e minha mãe fizemos desse jeito e deu muito certo. Demora em média de 3 a 4 semanas para poder ser colhida.

ALFACE ROMANA

Em vez de jogar fora a cabeça da alface, coloque-a num recipiente com água.Enxague a coroa e troque a água todos os dias . Coloque em um local com bastante luz natural, como no peitoril da janela.

CEBOLA

Corte a parte debaixo da cebola mantendo as raízes intactas. Por fim, coloque-as num vaso com terra úmida. Mais simples do que isso impossível.