Ex-funcionário da NASA revela segredos que podem mudar a história da humanidade


Ken Johnston, ex-funcionário da Nasa, revelou uma impactante notícia de algo que aconteceu quando ele trabalhava na Nasa. Segundo conta, ele recebeu uma série de fotos vindas do “Apollo XI” depois da aterrissagem na Lua em 69. As fotos estavam relacionadas às descobertas de vestígios de estruturas na superfície lunar. Ele também conta que aparecia nelas um objeto voador. A NASA mandou que ele as destruísse, mas ele, secretamente, não o fez, e as guardou…

12

Johnston conta que no dia 20 de julho de 1969, os astronautas que chegaram à lua tinham a missão de explorar a superfície lunar. E no transcurso dessa exploração, encontraram mais do que se supõe que nos contaram. Encontraram uma série de estruturas, edifícios antigos de origem artificial. As declarações que os astronautas deram a seus supervisores são impactantes. Eles viram uma torre enorme de uns 300 metros de altura. Continue lendo para conhecer essa história.

Clique em “página seguinte” para ver o resto do conteúdo do post.

02

Aquelas ruínas, segundo os investigadores, haviam sido parte de uma tecnologia preparada para uma operação de mineração na Lua. Encontraram, porém, objetos voadores de forma oval na superfície lunar. Foram tiradas mais de 100 fotos sobre essas descobertas. A Nasa ordenou que tudo isso fosse destruído, mas não foi isso o que aconteceu…

frf

Johnston não as destruiu e as guardou para si em segredo. Em 2008 essa notícia veio à tona. O ex-astronauta Neil Armstrong deu uma coletiva de imprensa para falar sobre esse assunto. Armstrong confirmou o que Johnston dizia e, segundo ele, há construções gigantescas na Lua.

1

É possível que isso tenha sido uma base extraterrestre onde foi realizada uma operação de mineração de outra espécie. Armstrong confirmou também o número de fotos, mais ou menos umas 100. Em algumas delas se podia observar espaçonaves e edifícios distintos que seriam assentamentos extraterrestres ligados à mineração em busca de algum material.

E não foi só isso o que encontraram. A câmera que estava a bordo da nave espacial também registrou algo estranho. Foram registradas em tempo real todas as provas relacionadas ao relato do astronauta. Foi ordenado aos astronautas que não falassem nada sobre o assunto, já que era segredo de estado.

025

Tanto as fotos como os vídeos obtidos na naveforam apagados, ou foi isso o que pensaram os chefes máximos da NASA, que não contavam com as provas que Johnston guardou. Todos estes informes podem ser observados no livro que foi publicado há poucos anos, “Dark Mission: The Secret History of NASA”.

Traduzido em português: “Missão secreta: a história confidencial da NASA”. Duas sumidades da investigação lunar, o assessor da CBS, Richard C. Hoagland e o consultor da área de engenharia espacial, Mike Bara. Neste livro, especula-se sobre se humanos poderiam ter sido expulsos da Lua em tempos antigos.

000

Uma civilização extraterrestre teria nos expulsado depois da aterrissagem na Lua, o que explicaria o porquê do homem não ter voltado a pisar nela depois. Johnston comentou uma vez: “Já não tenho nada a perder, durantes muitos anos lutei contra NASA e, como resultado, me despediram”.

nei

Com certeza, foi ordenado que se destruísse todas as evidências deste caso… mas a NASA alegou que era uma manobra para buscar água. Mais tarde, a agência anunciou que queria construir uma base na parte dos polos da Lua.

000



Deixe seu comentário!