11 estudantes de medicina que foram “diagnosticados” com excesso de autoestima


Entrar no curso de Medicina, sobretudo em universidade pública, é um dos maiores desafios acadêmicos que um jovem pode se submeter. Muitas vezes, uma única vaga é concorrida por 100 candidatos ou mais em vestibulares ou pelo próprio SISU (Sistema de Seleção Unificada), ferramenta utilizada pelos estudantes que realizaram o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) para se inscreverem nas instituições de ensino superior.

Logo, conseguir a proeza e obter os louros de tamanha façanha, exibindo a conquista para os amigos ou familiares, é algo completamente natural. No entanto, muitas vezes os calouros acabam exagerando, deixando o status do curso subir demais à cabeça.

Confira abaixo 17 estudantes de medicina que foram “diagnosticados” com excesso de autoestima:

1. O que dizer do Eduardo, que no auge de seus 19 anos, fica postando foto com seu jaleco de futuro médico no Tinder…

Com pérolas como “Dando like em mim você pode estar 100% segura” e “Pode ir acostumando a receber várias fotos minhas de jaleco”.

2. E essa criatura que postou uma foto no meio de uma cirurgia?

 

3. Conheça também o Ricardo, que fica chamando as mulheres de “pacientes” e quase mata todo mundo de vergonha.

 

4. E esse cara que convidou a pretendente para assistir uma cirurgia dele no hospital?

5. E esse que mandou umas imagens bem nojentas de um estômago aleatório como se fosse algo super normal…

6. Reclamar do quanto ele ganha para aprender: eis a autoestima do estudante desse estudante de medicina.

7. E esse ostentador de estetoscópios do Instagram?

8. Muitos concordam que o esteriótipo mais realista que existe é o do estudante de medicina.

9. Há quem diga que outro grave sintoma do inabalável ego dos estudantes de medicina é não conseguirem falar igual às outras pessoas.

10. O jeito é fingir que entende.

11. Eles acham que estão “abafando”, mas a gente só sente vergonha alheia.

 



Deixe seu comentário!